Tweets sobre a Graça

Esse post é uma pequena coletânea de tweets que publiquei hoje no meu perfil do tweeter sobre Graça. Deus nos abençoe.

Tendo sido criado sob o manto da não graça ou pouca graça, às vezes me é difícil entender ou aceitar a graça de Deus.

Vi no elevador do meu prédio um voto de paz para a páscoa que terminava + o – assim: "que possamos merecer cada dia o sacrifício de Jesus".

It kept me thinking, what could we possibly do do earn or deserve such sacrifice? The best we could do is obey and not even that we do.

No human effort could make 1self worth of Jesus’ sacrifice. That’s why it’s called grace, cuz it’s free and U get it even not deserving it.

Na verdade a beleza da graça se traduz no fato dela ser dada justamente a quem menos merece, nós mesmos…

Liberar graça parece fazer pouco pelo outro, mas faz muito por quem libera. A raiva vai embora, e leva consigo a mágoa, rancor, frustração.

Sem contar que finalmente nossa oração passa a ser verdade: "perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos os nossos devedores".

O perigo da graça, se é que pode-se dizer assim, é a facilidade de se debandar para a graça barata.

Como diz Philip Yancey, só temos como receber a graça liberada se estivermos de mãos vazias, esvaziadas pelo arrependimento.

Taí alguns dos mais difíceis pilares do cristianismo: amar, perdoar (liberar graça), ser unidos, arrepender-se, ter fé. Que cruz.

Anúncios