Razões para gostar de Salvador

Ontem, por ocasião das comemorações de 282 anos de Fortaleza, coloquei aqui um texto de um blog que li na Internet falando sobre 282 boas razões porque amamos esta cidade maravilhosa.

Mas, acontece que, infelizmente, não moro em Fortaleza e sim em Salvador, Bahia, e pra não dizer que não tem como comparar (vou ficar calado a esse respeito, sério, prometo não comparar), e praqueles que acham que só falo mal de Salvador, elegi uma pequena lista das razões que alguém poderia ter para gostar de Salvador. Bem, tirando fatores pessoais, tipo minha namorada e sua família, e alguns amigos, estas são as coisas que mais gosto em Salvador:

1) Acarajé. Bem, comida baiana no geral é muito boa, com quitutes à vontade, tanto doces quanto salgados, dos mais variados. Engana-se se alguém pensa que todo acarajé é igual. Ora, se nem todo acarajé baiano é igual, que dirá os feitos fora de Salvador (digo, da Bahia), não tem como comparar. Indico, particularmente, a Dinha no Rio Vermelho, ou a Cira, em Itapoan (ou Itapuã, como preferir), apesar de ter várias outras baianas com acarajés muito bons.

2) Por do sol. O por do sol em Salvador, especialmente em algumas épocas do ano, é muito bacana. Se você escolheu um local como a Ponta de Humaitá, o largo da Prefeitura (cidade alta, ao lado do Elevador Lacerda) ou o estacionamento inferior do Solar do Unhão, então, curta a vista…

3) Porto da Barra. Mar tranquilo, parecendo uma piscina natural, de águas cristalinas; belezas naturais; monumentos históricos… é muita coisa boa pra uma "praia" só.

4) MAM. Pra quem não conhece o Museu de Arte Moderna de Salvador, não sabe o que está perdendo. Sem contar a programação de Jazz que tem no Solar do Unhão, e o cinema de arte que também complementa a programação cultural (e não esqueça do por do sol, já que você já está lá mesmo).

5) Sorvete da Ribeira. Quase tão tradicional quanto o picolé capelinha (ou talvez mais), é uma opção imperdível para quem quer experimentar o verdadeiro sorvete de frutas.

6) Parte histórica. Como foi a primeira capital do Brasil, e uma das primeiras cidades a ser povoada, Salvador tem muita história para contar. Ponto positivo também, além do fato de muita coisa ter sido preservada e restaurada, é que os pontos de interesse estão localizados geograficamente próximos, tornando o turismo rápido, fácil e barato.

7) Parques. Além do parque de pituaçu, e do parque da cidade, temos outras opções para quem gosta de natureza. O próprio dique do tororó, embora não seja bem um parque, é uma "lagoa" represada muito bacana de se ver, caminhar, ou simplesmente comer uma pizza ou outra coisa nos restaurantes que tem ali. Vale a dica do Zoológico também, um lugar bastante agradável.

Claro que esta lista é bem pessoal. Percebe-se claramente que não gosto de carnaval, no geral, não do de Salvador, em particular, e por isso não citei aqui. Provavelmente outras pessoas teriam citado outras coisas, essas são as que particularmente mais me agradam aqui. Fica a dica.

Anúncios