No entanto…

No entanto Deus me chamou a atenção para uma coisa que eu estou matutando aqui na minha cabeça…

Tem uma passagem que Jesus fala à mulher no poço de Jacó, muito interessante:

João 4

20 – Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.
21 – Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai.
23 – Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
24 – Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.
Deus me tocou que mesmo alguns daqueles cumprindo aquele ritual burocrático que teve hoje no “culto ecumênico” podem estar adorando Ele em espírito e em verdade e que não seria o meu julgamento de valor que iria dizer que não…

Por outro lado também me senti perturbado pelo sentimento de que Jesus estava dizendo aquelas palavras pra mim “Não é na Jerusalém da Igreja Batista da Graça”, “nem no monte da Igreja Católica”, mas é fora delas… de certa maneira a um tempo tenho tido um sentimento de quebra de amarras, tipo, no sentido de desburocratizar minha adoração a Deus, meu sentimento de amor ao Pai, de chegar com coragem ao trono da graça para receber de Deus seu amor, seu poder, suas misericórdias, seu perdão e prestar um louvor que Ele merece, sem prés-condições ou pre-formatação… é algo que eu tou digerindo ainda…

Não estou sugerindo aqui que a Igreja Católica está certa, muito ao contrário, nem que as Igrejas Batistas (falo batista porque é minha corrente denominacional) estão erradas, também muito ao contrário (até porque senão eu não teria escolhido por vontade própria ser batista – só abrindo um parênteses meu pai é da Assembléia de Deus e minha mãe da Presbiteriana, ou seja, escolhi estar onde estou por discernimento pessoal, apesar de nada contra essas duas outras denominações, pelas quais, aliás, tenho um grande amor – fecha parênteses)… mas que Deus quer que todos e qualquer um o adorem da unica maneira que Ele merece ser adorado e aceita a adoração, que é em espírito e em verdade, o que de fato não é sempre que acontece comigo e isso me deixa profundamente triste… que bom que as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, e que se renovam a cada manhã, porque todo dia tenho a oportunidade de rever meu relacionamento com Deus, e me posicionar em atitude de verdadeira adoração.

Aba Pai.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s